ALGARVE ACOLHE U.M.F.

No mês de Maio o Algarve recebeu a visita dos Missionários Franciscanos. Correspondendo ao convite do Procurador local da U.M.F., Frei Mário Jorge, por lá andaram os Freis Vítor Rafael e Marques de Castro, juntamente com ele, durante quase duas semanas.Esta actividade teve como finalidade principal espevitar em alguns centros da U.M.F., um tanto ou quanto adormecidos, a chama do ideal missionário. Cada vez se sente mais a necessidade de levar os cristãos a tomar consciência do seu compromisso missionário, para que cada um se sinta também uma pedra viva na comunidade onde vive. Ao mesmo tempo sentíamos a obrigação de levar o agradecimento sincero a todos os que, de qualquer modo, nesta diocese algarvia, colaboram com este movimento eclesial que dá pelo nome de “União Missionária Franciscana”.

            Ao terminarem os trabalhos sentem que a sua missão foi proveitosa, mas, para que tal acontecesse, não podem esquecer a valiosa colaboração dos párocos, a quem desejam também testemunhar o seu reconhecimento.

            Como era de esperar, foi aos sábados e domingos que houve a possibilidade de contactar com um número mais significativo de cristãos. Foi o que aconteceu nas comunidades paroquiais de Monchique, Portimão, Silves, Armação de Pêra, Quarteira, Almancil e Faro (Igreja de S. Francisco, Conceição, Sé Catedral e S. Pedro).

            Esperamos sinceramente que desta passagem dos Missionários resulte mais ardor missionário e apostólico dentro das próprias comunidades, na vivência da vida cristã, com uma consequente repercussão nos chamados “países de missão”.Fr. Marques de Castro

 

ALGARVE ACOLHE U.M.F.

ALGARVE ACOLHE U.M.F.

ALGARVE ACOLHE U.M.F.

ALGARVE ACOLHE U.M.F.